Autism in Pink – PROJECT NUMBER: 518585-LLP-1-2011-1-SI-GRUNDTVIG-GMP

Autism In Pink é um projeto Multilateral Grundtvig do Programa Lifelong Learning da União Europeia no qual estão implicados 4 países europeus: Reino Unido (NAS)(coordenador) e Portugal (FPDA), Espanha (Autismo Burgos) e Lituania (Vsi EDUKACINIAI PROJEKTAI EP). Em Portugal é desenvolvido pela Federação Portuguesa de Autismo com 2 das suas 13 federadas – APPDA-Lisboa e APPDA-Coimbra. O projeto que começou em Janeiro de 2012 com uma reunião dos parceiros em Londres, irá desenvolver-se durante 2 anos, e é dedicado ao estudo das mulheres com autismo entre os 16 e os 40 anos. O autismo é uma deficiência grave que atinge 1 pessoa em cada 100. Até aqui a investigação tem-se dedicado ao estudo dos homens pois a prevalência é de 1 mulher para 4 ou 5 homens. Atualmente há um maior reconhecimento dos problemas que enfrentam as raparigas, entre eles, a exclusão social, a vulnerabilidade, o estresse e as inadequadas terapias resultantes muitas vezes de diagnóstico errado. Pretende-se compreender melhor as mulheres com autismo de modo a promover maior consciencialização nos países europeus e utilizar formas de tratamento mais adequadas. A principal finalidade do projeto é contribuir para a inclusão social dos grupos vulneráveis de mulheres com perturbações do espetro do autismo (PEA) e fornecer-lhes conhecimentos de base e competências no campo da sua identidade feminina, vida independente e interação social de modo a melhorarem a sua qualidade de vida de mulheres com PEA. Como resultados do projeto serão editados manuais de aprendizagem para pessoas do sexo feminino com PEA e seus cuidadores, famílias e professores,um filme documental; e um livro online com histórias pessoais de mulheres com PEA.

Autism in Pink Learning Module